terça-feira, 2 de junho de 2015

'Bora' continuar a caminhada?! ;-)

Acreditam que voltei?!? Nem eu tô acreditando, mas lá vamos nós pra nossa quarta aventura da mineirinha nos mares... Mudei de departamento e agora estou no Gift Shop! Por 'n' motivos que não vou ficar listando aqui, abri mão de algumas coisas pra ganhar outras. Como qualquer 'escolha' da vida, há de ter seus prós e contras. Ainda é cedo pra dizer, mas até agora, os prós estão ganhando! :-) Bom... Uma turma de 12 meninas foi convocada pra um treinamento à bordo do querido 'Star Princess'. Tivemos que embarcar no Star enquanto estava em Whittier, Alasca. Alguém sabe onde fica isso?! Nem preocupem, eu estive lá e até agora não sei onde fica... Pensa num lugar que é literalmente na curva do fim do mundo?! Whittier fica depois desse lugar! Pra chegar, temos que atravessar um túnel de mão única, cujo fluxo é intercalado a cada meia hora, com extensão de quase 4km. Ou se atravessa o túnel ou se chega pelo mar. O túnel é todo revestido de concreto e foi escavado nas montanhas congeladas para comunicação entre os dois pontos e serviu de abrigo na Guerra Fria, é também o maior, em extensão, dos EUA. Outra coisa, no mínimo peculiar, é que, em Whittier, toda a população vive em um único prédio! É isso mesmo... É daquelas coisas loucas que seu guia turístico te conta e você volta pra casa e pesquisa no Google porque não acredita... Vai lá! Pode pesquisar! Eu conferi... Enfim... Chegamos a Whittier e embarcamos depois de todos os perrengues com malas, luvas perdidas no caminho, cachecol enforcando o pescoço e o vento gelado cortando as bochechas... O 'Star' está ainda mais lindo depois do 'dry dock' de Dezembro do ano passado, e confesso que, involuntariamente, as memórias pulavam na minha frente! Coisa boa é ter boas coisas pra se recordar! O treinamento foi suuuuuuuper tranquilo!!! Comparado com o treinamento da Steiner em Londres, que tinhamos que acordar de madrugada, atravessar a neve, pegar um busão lotado pra ir pra aula... Agora em 15 minutos eu tomava café da manhã e já estava na classe... Sem contar que nenhuma das meninas dessa vez saiu chorando da classe porque a treinadora havia batido os recordes de humilhação. Ah! E no fim de uma semana de treinamento, fomos pagas! Isso mesmo! Adorei! Depois de uma semana sendo a guia de outras 11 meninas que nunca tinham pisado no 'Star' fiquei até orgulhosa de saber o caminho entre o 'Crew Bar' e o 'Mess'... Rsrsrs... Com o fim do treinamento, cada uma foi enviada pra um navio diferente e cá estou a caminho do 'Caribbean Princess'. Ao contrário do que todo mundo me pergunta, o 'Caribbean' não tá indo pro Caribe. Tá fazendo Mediterrâneo e Báltico, e por isso vim parar em Barcelona! Cheguei há duas noites e fico mais uma esperando o Caribbean chegar pra eu embarcar. Claro, atoa no hotel, resolvi explorar os encantos de Barcelona... Sabe o que descobri?! Que terei que voltar aqui! Há muita coisa legal pra ser vista! Dois dias são pouco demais... Peguei um daqueles ônibus turísticos, que, quando estou sozinha, é sempre a opção em que me sinto mais segura pra rodar a cidade sem ficar com medo de tirar a máquina fotográfica da bolsa. Mas sabe do que me esqueci?! Do protetor solar!!! A pessoa passa uma semana no Alasca com um sol que é 'luz de geladeira' e só ilumina, chega aqui em Barcelona, passa o dia inteiro rodando e volta parecendo um camarão frito!!! Aaaaaffff... Marmota de principiante! Mas enfim... Só espiei Barcelona... Porque tem um milhão de museus e obras de Gaudí pra todo canto! Só mercados, são QUARENTA! A teoria da minha mãe de que sempre deve-se ir ao mercado da cidade pra conhecer a cultura popular, aqui em Barcelona deve ser um programa à parte e provavelmente dos mais deliciosos... Ah! Ao contrário do que ouço em muitos lugares, aqui, as obras pra as Olimpíadas de 92 tiveram um grande impacto positivo na cidade! Diz-se que Barcelona cresceu 'de costas para o mar'. Quanto mais longe da costa e mais alto nas montanhas, melhor era a condição das moradias e mais 'alto' o nível de vida dos moradores. A região litorânea só passou a ser valorizada depois das reformas para os Jogos Olímpicos. Achei isso engraçado, já que, pra mim, uma casa no litoral (o mais 'de frente pro mar' possível) é a cara da riqueza! Hahahaha... O povo de Barcelona é 'do avesso'! Pra eles deve ser o fim da picada morar 'em cima' do mar, tipo num navio! Hahahahaha... Mas enfim, só pus o nariz na 'Sagrada Família', no estádio do Barcelona e nos outros 510 lugares legais e já coloquei Barcelona na minha lista de lugares dignos de uma visita mais longa. Neymar e Messi estão literalnente em todos os lugares, com todas as caras e bocas possíveis! Comemorei o título deles com Daniel, um calatenho-brasileiro de 4 anos, que conheci no trem e que achou o máximo eu falar português! Afinal, ele achava que só a mãe brasileira soubesse falar português fora do Brasil! Faz todo sentido... A máxima, 'os Brasileiros estão tomando conta do mundo', prevalece! Estão em todos os lugares, com alta ou baixa de dólar, euro ou o que for... E a minha aventura de desbravar os mares, mal sabendo nadar, continua! Conhecendo gente legal no avião, na fila do restaurante, no trem, no busão de turista... Porque o mais legal dos lugares, são as pessoas que vivem nestes lugares e suas histórias! Cada uma tem um 'causo' pra contar e é isso que faz cada um ser único! Com Deus na frente pra abrir o caminho, vou dando um passo de cada vez, olhando pra frente, fazendo dos meus 'causos' algo que traga sorriso a quem caminha ao lado... 'Bora' continuar a caminhada?! ;-)

3 comentários:

  1. Que beleza, amo suas narrativas e os mares dessa mineirinha tão viajada e sabida !!!! Deus te abençoe sempre. Amo vc.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog , estou lhe seguindo, meu nome é Graças Fernandes do blog artegracy.blogspot.com e face mgracas2

    ResponderExcluir