terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Saudade aqui não é mato, é água...

Estamos no início do nosso cruzeiro de "Volta ao Mundo"... Quando falamos que vamos num cruzeiro de "Volta ao Mundo", fica parecendo que vamos em tooodos os lugares do mundo... Mas na verdade, vamos praticamente cruzando entre Europa, America Central, Oceania e Ásia... Ficaram de fora muitos outros lugares a serem futuramente descobertos!!! Hoje especificamente tivemos uma "cerimônia" para marcar nossa travessia pela Linha do Equador!!! Todos os passageiros e tripulantes se reuniram em volta da piscina e nossos melhores atores a bordo interpretaram uma cerimônia bem humorada de sacrifício ao deus dos mares... Piratas prenderam súditos insubordinados ao rei que eram punidos com um banho de coisas nojentas, um beijo em um peixe e um arremesso na piscina... Tudo com muita avacalhação e fotografias hilárias... Na verdade, uma bobagenzinha atoa só pra quebrar a rotina e dar uma amenizada no tédio de ficarmos DEZ longos dias em alto mar, sem ter pra onde correr, sempre encontrando com as mesmas pessoas em todos e lugares... Todo mundo cansa até de si mesmo... Todos os dias parecem iguais, e a única coisa que vemos passar lá fora é água e mais água... Mas nem tudo que aparece pra quebrar o tédio é um teatrinho... Algumas coisas são reais!! No nosso primeiro dia de navegação depois de partirmos de Panamá, já tínhamos navegado umas boas milhas náuticas, tivemos que dar "meia volta volver" e voltar pro Panamá porque um dos passageiros teve um ataque cardíaco e precisava de uma assistência médica mais intensiva do que a que podemos oferecer a bordo... Nem tudo é de brincadeirinha... Durante um cruzeiro "Volta ao Mundo" temos basicamente os mesmos passageiros durante quatro meses... Isso mesmo... Tem gente que tem tempo e grana pra fazer um cruzeiro de QUATROOOO meses!!! Daí dá pra se imaginar que tipo de passageiro temos a bordo: a elite da melhor idade, super empolgada pra explorar o mundo!!! Para os serviços do SPA, os negócios são extremamente complicados... O movimento fica super baixo... E acabamos tendo que cumprir nossa esclada de horários de trabalho, mas sem termos muito o que fazer... Uma marmota!!! As vezes temos que ficar o dia inteiro no SPA,com uma hora de almoço e meia hora de de jantar, pra fazermos UMA ÚNICA massagem!!! E há inclusive dias piores em que ficamos aqui o dia inteiro sem ter nenhuma massagem pra fazer... E como nosso "salário" é somente por comissão, se não há massagem, não há grana... Resumindo... Fazer um cruzeiro de "Volta ao Mundo" enquanto tripulante, trabalhando no SPA não é pra fazer grana! E já que estamos aqui, então vamos aproveitar pra ver o mundo!!! É tempo propício para explorar novos lugares, novos portos, novas culturas... E claro, comprar o mínimo possível!!! E nas horas e horas de ócio no SPA, temos que inventar alguma coisa pra fazer pra não enlouquecer!!! Além de jogar conversa fora, fazemos tratamentos uns nos outros, lemos, ouvimos música... Ah!! E esses dias eu ensinei Dutch Blitz!!! Acreditam que ninguém sabia ou conhecia Dutch Blitz??!! Fiquei horrorizada... Mas temos nos divertido com algumas jogatinas... Teoricamente, não temos autorização pra fazermos nada disso!! Se não estamos ocupados com algum tratamento temos que ficar zanzando pelo SPA dobrando toalhas e sorrindo pras paredes... Mas quando as toalhas acabam e as paredes não sorriem de volta, resolvemos fazer algo ilícito como ler um livro... Ou jogar joguinhos... Ou escrever no Blog... Vamos combinar que essa infração é pra manter nossa sanidade mental... Quem nunca ficou entediado que jogue a primeira pedra... Como estamos indo rumo à Oceania, meu fuso horário daqui pra frente será um dos mais complicados pra entrar em contato com quem está no Brasil, o que me irrita levemente... Mas, vamos dando um jeitinho... Ontem castiguei minha mãe deixando-a acordada até quase três da manhã só pra batermos papo... Mas vou tentar ser uma filha melhor daqui pra frente... Enquanto não chegamos literalmente lá do outro lado do mundo... Ainda temos infinitos CINCO dias de navegação pela frente... Espero que ninguém resolva ter um ataque cardíaco ou se jogar no mar só pra dar uma nadadinha... Dizem que daqui pra frente nossas possibilidades de vermos golfinhos são grandes!!! Espero que eles apareçam pra dizer um "oi"! Assim que estiver entediada... Ou melhor, assim que tiver coisas super, ultra mega empolgantes pra contar, prometo voltar a escrever... Saudade aqui não é mato, é água... Tem pra todo lado... Todos os dias... Sempre profunda... Às vezes mudando de cor... Mas sempre abundante...

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Novo ano... Ano novo...

Mais um ano a começar... É engraçado como na verdade, nada mudou, mas o fato de termos estourado alguns champanhes, assistido a uns fogos de artifício, e mudarmos os números no nosso calendário, nos faz acreditar que "começamos de novo"... 
Aproveitamos a oportunidade pra nos vestir bem, comer bem, abraçar todo mundo e desejar "tudo de bom" até a desconhecidos! E tudo isso sem nenhuma culpa, ou vergonha... 
Na vida real, temos um feriado prolongado, e na maioria dos casos continuamos no mesmo emprego, com a mesma rotina, frequentando os mesmos restaurantes, indo a mesma igreja e voltando pra mesma casa...
Mas o fato de começarmos um novo ano nos traz a esperança de que coisas novas podem acontecer, que desta vez aquela dieta vai funcionar e finalmente vamos perder aqueles teimosos dois quilos que sempre temos a nos incomodar... Acreditamos que vamos ser mais organizados com nossas finanças e vamos finalmente conseguir economizar para aquele projeto... Acreditamos que desta vez o amor que temos (ou que futuramente encontrarmos) será especial e pra sempre... Acreditamos que o chefe vai cumprir aquela promessa de aumentar nosso salário... Acreditamos que vamos ler mais livros, ver menos TV, e perder menos tempo no facebook... Acreditamos que vamos comer mais salada e menos sobremesa... Acreditamos que vamos beber mais água e dormir mais cedo... Acreditamos que nossos defeitos irritantes serão minimizados e que nossas qualidades surpervalorizadas... Acreditamos que tudo pode ser melhor...
Pra ser honesta, adoro esse sentimento!!! Por mais surreal e utópico que pareça!!! Acho inclusive que esperar 12 meses pra renovarmos nossas esperanças é tempo demais!!! Podíamos mudar nosso calendário... Celebrar a vida, o recomeço e novas possibilidades com maior freqüência...
Em 12 meses tudo, absolutamente tudo, pode mudar... A saúde, o emprego, o endereço, o governo, a moda, a tecnologia, a economia, o clima global, a tabela do Brasileirão... Jovens e idosos morrem... Bebês nascem... Mulheres engordam... Homens ficam barrigudos e carecas... Crianças perdem os dentes e ganham cicatrizes nos joelhos... Casais inseparáveis se separam... Desconhecidos se casam e se tornam o "casal 20"... E coisas inexplicáveis simplesmente acontecem!!! E sobre a maioria delas não temos nenhum controle...
E se há uma coisa que desejo para o este ano é que aprendamos a dar o controle da nossa vida a quem lhe é devido!!! Que aprendamos a deixar Deus tomar conta de nós, mas que nossa confiança nEle não faça de nós inertes covardes... Que tenhamos os ouvidos mais sensíveis à Sua voz, e as mãos preparadas para a missão que nos incumbir... Que sejamos mais simples e menos "teoricamente comprovados"... 
Que pelos próximos 12 meses tudo continue a acontecer exatamente como Ele planejou... Com mudanças radicais ou lentas e graduais... Com permanências... Com crescimento... Com amadurecimento... Com singeleza de espírito... Com lágrimas... Com sorrisos... Com olhares se cruzando... Com abraços se encontrando... Com distâncias se tornando próximas... E com surpresas... Muuuuuitas surpresas!!!